15 junho 2005

Xiiii, apareceu a ex-secretária!

Por essa ninguém esperava! No momento em que Roberto Jefferson já se encontrava desacreditado por não apresentar provas de suas denúncias quando antes afirmava que as possuía, surge uma mulher para reforçar todo o testemunho do sujeito citado acima.
O mais interessante foi observar a cobertura de dois veículos televisivos, o Jornal da Record e o Jornal Nacional, dada ao caso, incluindo o depoimento de 6 horas do sujeito citado acima.

Jornal da Record

Deu amplo destaque ao caso da ex-secretária.
O simpático-tortinho-doa-a-quem-doer-desde-que-não-doa-em-mim-pois-pimenta-no-cú-dos-outros-é-refresco*, Boris Casoy, parecia um papagaio opinativo em seus comentários ao afirmar diversas vezes que "o caso da ex-secretária coloca panos quentes em toda a história e complica o governo".
Ao noticiar o depoimento do sujeito, o jornal pôs foco total e até melhorou o contraste de brilho da gravação quando o sujeito criticava o jornal O Globo e a revista Época.
Coletou opiniões da oposição, ou seja, daqueles que querem derrubar o governo em primeira instância, ganhar mais dinheiro em segunda e melhorar o país em terceira, e colocou na tela uma mulher horrível, com traços disformes, deputada pelo PPS, que afirmou que o sujeito "não tinha obrigação de apresentar provas pois não era órgão de investigação"(faz sentido!).

* Palmas para o maior adjetivo explicativo de texto objetivo direto já construído na história literária - o único, diga-se de passagem!

Jornal Nacional

Torrou de tanto expor na edição o fato do sujeito não apresentar provas.
A peituda, no sentido de bravura, e topetuda, no sentido de excesso de laquê no cabelo, Fátima Bernardes, entrou em defesa à Globo Produções ao noticiar as criticas do sujeito aos seus dois veículos, e exibiu trecho em que o sujeito criticava à Veja que não fora noticiado no Jornal da Record.
O furo, não de reportagem, mas de mancada mesmo, foi o jornal ter exibido o sujeito relatando: " Cheguei para o Zé Dirceu e perguntei se ele não podia resolver o problema com a Veja, ele disse que não, a Veja é tucana. Então perguntei do O Globo e da Época, ele disse que essas ele conseguiria levar por cima."
Pergunto: Será que o mensalão chegou lá também?
O Jornal Nacional cumpriu seu papel e noticiou o caso da ex-secretária, no entanto, Fátima Bernandes, pontou no fim da reportagem que a dita está sob processo de seu ex-chefe, um publicitário mineiro, por extorsão!
O jornal não coletou opiniões de pessoas da oposição!

3 comentários:

: : : m a v e r i c k : : : disse...

Sensacional Dani....o melhor de todos!!!! Parabéns!
Viu só...to lendo todo dia...

Edu disse...

Dani, a secretária esta negando tudo agora...hehehehehehehe
Q não viu mala com dinheiro, q não viu nada, q o "pessoal" distorceu o q ela falou.

e claro...

Er...legal

Mia disse...

Gostei da foto e também curti a análise da cobertura do caso "Robertinho o boca de megafone"...

A Dani tá sempre antenada... hehehe ;)
É isso aí!

B-jos!