22 janeiro 2007

Percepção Extra-Sensorial

Prima Causa desconhecida.

Tamanha similitude. A mesma cor de pele. O mesmo corte de cabelo. Aquele jeito de mover-se.Era dela. Era ela! Postada sutilmente em frente à porta com o sorriso gestual das madonnas que clamam por um minuto de atenção.

Tamanha similitude diminuta. Aqueles olhos, certamente, agora eram de uma desconhecida qualquer.

Alhures, em plena calmaria dos sentidos, outra visão. Disritmia sufocante. Abaissement de niveau mental. Ó, aquele corte de cabelo. Aquele jeito de mover-se. Era ela! Nenhum sorriso. Apenas olhares divagantes em busca de bases para as pernas. Aquelas pernas, certamente, agora eram de uma outra mulher.

3 comentários:

Marcos disse...

Continua tão boa com as letras... Vou passear aí por baixo e me atualizar.

Doutor X disse...

Lembrei agora do Camus ao ler isso...ou seria de Jung?
Considerações saudosas.

Gisele disse...

"era ela", mas bem que podia ser eu, você não acha? rs bjo