10 dezembro 2005

De dentro

Ok ... agora é hora de separar

O que
Quero
O que
Preciso
O que
Posso

Ah ... não sou assim tão forte ... Vão pro inferno Me deixem em paz.

De mim

" E por falar em Alphaville, me sinto como Natacha em Alpha 60 após o assassinato do professor Leonard von Braun.
E por mais que eu pense no amor, não consigo encontrar a estrada para Nova Iorque."

Sobre o filme:

Roteiro e direção de Juan-Luc Godard. O filme retrata uma comunidade (Alphaville) regrada pela sobrevivência da lógica, do trabalho e, consequentemente, pelo assentimentalismo. Lá é proibido chorar e as pessoas desconhecem o amor. Leonard von Braun é o controlador da máquina que faz o sistema funcionar, quando seu assassinato ocorre, o sistema fali e as pessoas ficam meio que sem chão :-/ ....

19 comentários:

Ana disse...

Não tem muito como comentar esse post...

As vezes temos a sensação de que a vida puxa o tapete da gente de uma forma desumana e desnecessária...

Me pergunto se não é justamente nessa hora que parece que nada tem sentido ou solução que a gente deveria dar uma pausa... pra ouvir nossas perguntas e entender as nossas respostas...

Agora vou te deixar em paz..rs

te adoro amiga!
se precisar é só gritar..
beijos

Eduardo Mendes disse...

Olá!
Convido você a participar da lista BLOGS ACORDES do Tubaranhão.
Para aumentar o acesso ao seu blog você precisa de visibilidade nas ferramentas de busca. No Google, por exemplo, quanto mais links do seu blog houver em outros sites, maiores são as chances de você aparecer no topo das buscas.
Sugiro uma linkagem recíproca, sem compromissos de visitas e comentários freqüentes (pois já disponho de uma rede razoável de amigos).
Se estiver a fim, insira o link http://tubaranhao.blig.ig.com.br no seu blog e me avise. Seu blog aparecerá na lista Blogs Acordes do Tubaranhão.

Um abraço!

Marcos disse...

Tudo a ver a primeira com a segunda partes do post. Eis aí uma opção: continuar sentindo ou optar pelo estoicismo?

arrudA disse...

estrada essa sem

lugar


beijo de arrudA

mia disse...

Tempo para pensar
Tempo para você...

Quando a gente não sabe para onde ir, qualquer caminho serve - já diria a manjada frase.

Por mais que nos deixem vulneráveis, as sensações às vezes nos indicam as melhores estradas... E para encontrar os caminhos nem sempre a razão nos basta.

Are you puzzled? Necessita escrever nos postes para que entendam o que realmente é? Se sente às vezes como Elisa na vida? Ou com as mãos atadas na dança macabra? Overdose do Anjo Exterminador?????

Dê o direito a você de ter o tempo que precisa... sozinha... e me peça para calar a boca se for preciso.

Te quiero!
B-sos dulces!

Danielle Ribeiro disse...

Ana e Mi ... é tão bão sentir esse carinho que vem de vocês ;-) ... amo amo amo vocês duas ...

An disse...

Love you too!!!!

Pat Maria disse...

Parece bom esse filme, fiquei a fins de assitir.

Parece triste não conhecer o amor, porém a verdade é estranha, mas as vezes o assentimentalismo me parece tremendamente confortável e seguro.
Aquilo que vc não sente não pode te ferir né?

querida, obrigada pelos comentarios no flog, alias, vc é a unica que passa por lá! hahaha
e valeu pela dica que vc deixou lá, mas eu opto por não divulga-lo, depois eu explico..
beijão e boa semana!

Ana disse...

Gostei disso....

"aquilo que vc nao sente, nao pode te ferir.." dias e dias de reflexão....rs

bjs

Ana

Danielle Ribeiro disse...

Aeh Ana ... a dona Paty Maria é um grandes amores da minha vida ... mas é daqueles que abusa de você se vc permite ... anyway .. fico muito feliz que vc gostou dela ;-)
Com certeza ... aquilo que aquela menininha disse .. rende vários e vários dias de reflexão ... beijos

Ana disse...

gosto muito de pessoas... e tenho especial admiração por aquelas que conseguem, em uma única frase, sintetizar sentimentos complexos...

"aquilo que vc nao sente, nao pode te ferir.." é uma dessas frases.. e a moça-autora, ainda que abusada rsrs..., tem minha admiração!

Essa frase vai entrar na lista das 10 mais.. junto com seu post called "patético"..

credits will be given.. always...

love you
Ana

Pat Maria disse...

nota da abusada:

dani querida adoro vc tb (ok, grande amor da minha vida é muito forte pra mim ainda...haha) mas ainda quero explicações, abusa de vc? como assim garota?

e ana agradeço a admiração porém ainda acho que não sou digna, mesmo pq esse foi o primeiro post da Dani que eu entendi! (olha o nivel....haha)
E sobre a frase...é uma coisa que as vezes eu penso ser um serio problema meu, a Dani sabe...
eu tenho um certo panico de sentimentos, justamente por achar que eles podem ferir..
não sei se isso é bom ou mal, mas enfim...é o que eu sou =)

beijos pras duas!

Danielle Ribeiro disse...

Explicação solicitada:

A Paty não abusa de mim não ... mas eu conheço a moça o suficiente para criar essa barreira :-) ... senão amiga .. sai de baixo ...
Pensemos assim: A Paty é esperta e eu sou idiota se não me dou um jeito ... hehehe .. barreiras .. somente barreiras ...

Beijos

pat maria disse...

é Dani, vc é mais complexa do que eu pensava!

hahaha..é brincadera!

não sei se entendi muito bem, mas enfim...creio que vc me conhece o bastante pra ter suas concepções e eu acato

sua amizade é muito importante pra mim, viu? só nao deixa as barreiras se esquecerem disso! hehehe

beijo!

Danielle Ribeiro disse...

never baby ... ;-) ... sua amizade é importante pra mim tb!!!

ó ceus ... que melação nesse blog :-P ... beijos

odeio a lua disse...

Meus Deus!!! Maior bate papo aqui!!! ê lá em casa!!! todo mundo se ama!!!!

Hun... não estou certa quanto ao estoicismo... sempre acreditei que era o inverso: não creio que seja deixar de sentir, não!, mas aceitar de uma maneira muito franca e corajosa (resignada não insensível) e, ainda, acreditar que isso realmente é necessário para a construção da realidade, o que não se limita ao ego - tal aquela questão de aresta e poliedros, tal o cristianismo.

Ah... é possível que eu não tenha entendido direito... acontece.

Beijos!

Ana disse...

Pat.. eu tb nao entendo o que a Dani escreve..rs... ela q me explica tudo e mesmo assim tem uns que nem com as explicações..rs

Mas concordo que esse último post foi especialmente claro.

Gosto da sua frase justamente pq ela é docemente real e intensa...
Afinal quem nao tem medo de sentir??

bjs...

Danielle Ribeiro disse...

Yara .. vc me fez lembrar de As Mil e Uma Noites ... cena .. algo assim:

Azis: "O que deve um homem apaixonado fazer diante de seu sentimento."
Mulher Perversa: "Resignar-se e manter-se em sigilo"
Aziza: "Pergunte para a Mulher Perversa se o homem apaixonado não conseguir manter-se em sigilo. O que lhe aconteceria?"
Azis: Pergunta o quê Aziza pediu para ser perguntado.
Mulher Perversa: "Melhor lhe seria a morte então" ...

Não fui muito fiel às falas tá .. mas o conceito é mais ou menos esse :-/ ... enfim .. tópicos para discussão...

Beijos

odeio a lua disse...

coments solto

hun... às vezes fico pensando que é melhor fechar os olhos e seguir as estradas amarelas mesmos. Campos de papoulas. Os macacos têm asas e os bruxos não sabem fazer mágica e, o melhor, no fim de tudo você deseja ardentemente voltar pra casa, pois constata que não existe melhor lugar que o teu prórpio lar, louca de vontade de vomitar, cair no banho, tomar outro engove e dormir até amanhã às 14h...