25 janeiro 2006

Sagaz Assédio ao Ássana


Respiro. Acomodo a mão no joelho em ponta convexa de um arco sem flecha. Não gemo. Suplico gemidos com o dedilhar terno na lira de cordas de nervos. Inspiro e conspiro na inquietação trêmula de um desenlaçar de espartilhos. Amplio. Esparramo. Vogais abertas no espaço do infinito. Grito. No desabrochar da flor em júbilo, o fluxo: sem tempo diminuto sem ponteiros minutos sem panos. No desnudo plano do divino. Sem piso. No agitar das asas, a libertação do espírito. Sopro.

11 comentários:

odeio a lua disse...

ah... ando tão insensível que... ah... vou ter que ler mais vinte vezes para sentir soltar o espartilho.

Saudades das nossas conversas.

claudia disse...

amei...

Valéria disse...

um parto, sob o ponto de vista de quem nasceu...muito, muito belo...
beijo

Dona Estultícia disse...

E voam...bjos.

Ana disse...

Querida e enigmática amiga...

Tava conversando com Florípedes hj a respeito de seu cantinho aqui... Chegamos à conclusão que o melhor que temos á fazer é seguir a linha de "wescolhe uma palavra bonita que tem no texto e fala só dela".. o conjunto todo é muito complexo... e eu to numa fase mais simples que o habitual...

No caso desse post.. acho que fico com o RESPIRO..rs.. eu tb respiro, com frequencia..rs

Ai Ai.. era melhor ter ficado quieta..rs.. agora vc vai ter vergonha alheia...

Ahh amiga.. perdoa.. to besta..rs... ou mais besta...

bjs-bjs

mia disse...

Final feliz?

Doutor X disse...

Bastante profundo realmente...conseguistes pegar os nervos principais...agora não sei se o grito chega a ser o da dor que nos liberta ou da que nos acorrenta em traumas...
Geralmente toda a bolha em pé conduz ao prazer quando melhoramos...não sei se ocorre costumeira coisa com os nervos...

Considerações.

Anônimo disse...

FREE.

Anônimo disse...

OPS, FOI EM QUEM DISSE.
"FREE".

Pedro Camargos disse...

Lindo, Dani. E muito sonoro, parece música declamada (em vez de cantada).

Madame disse...

Onm..."...é preciso manter a mente quieta a espinha ereta e o coração tranquilo..." beijos d emim